Home Quem Somos?

Usuário:



Hístoria da ACREPOM PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Sex, 30 de Outubro de 2009 08:16


ACREPOM




Associação dos Catadores de Papel de Araçatuba
Rua Rangel Pestana, 512 – B. Centro Cep16050-270 – Tel 3625-2808. 

 
A Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Materiais Recicláveis de AraçatubaACREPOM  )   surgiu  a partir de uma preocupação do Centro de Direitos Humanos em parceria com a Pastoral da Juventude, a partir da  reflexão da Campanha da Fraternidade (Quaresma de 1995) que  trouxe o tema sobre os Excluídos.  Descobriu-se que em Araçatuba, havia, aproximadamente, 100 ( cem)  pessoas  coletando papéis pela rua e  vivendo  em condições  de total precariedade: dormiam  dentro dos próprios carrinhos de coleta, ou pelas  ruas  e praças, ou nos fundos de depósitos, ao lado  de  papelão e outros materiais, totalmente expostos à chuva, frio  e em  situação de total  insalubridade.

Um indicador triste, porém real: alguns catadores de papel ao morrerem, eram sepultados como indigentes.  Não havia  quem procurasse identificar ao menos os nomes.  Com a existência da  Associação,   tem sido   possível  identificá-los bem como  localizar  familiares.  Através da assistência prestada pela associação, já foram identificadas as principais causas da morte precoce destes trabalhadores: alcoolismo,  desnutrição crônica, bem como a exposição constante a todas as formas de violência - pelo fato de “morarem” nas ruas.

A partir de janeiro de 1996, o Centro de Direitos Humanos de Araçatuba, começou a realizar reuniões mensais com Catadores/Catadoras de Papel e outros Materiais Recicláveis, visando à organização dos mesmos, resultando, assim, na fundação da  ACREPOM.

Infra-estrutura já conseguida -   Em junho de  1997, foi celebrado um convênio com a Cáritas  Brasileira - Regional  Sul I,  que   cedeu em comodato, os seguintes equipamentos: prensas, elevador para fardos,  balança, triturador de vidro e de papéis sigilosos, alem de 25 carrinhos  destinados à coleta, nas ruas.  Trata-se do projeto denominado “O Luxo do Lixo” .

A Prefeitura Municipal de Araçatuba cedeu, a título de empréstimo,  o prédio para a sede .

Atualmente há 30 associados,  mas de forma  indireta  a ACREPOM atinge, aproximadamente,  100 (cem)  famílias  considerando  os  “terceiros”,  pessoas e grupos informais  que coletam  de forma autônoma o material  e  vendem  para a  ACREPOM,  bem como os adolescentes  que  cumprem medida  de Prestação de Serviço  à Comunidade.

Foi implantada  a  coleta  seletiva   ( sem ajuda da Prefeitura Municipal) .  Os catadores e catadoras de papel  vem apresentando sinais  concretos de resgate da cidadania:  melhoria  na saúde,  (inclusive bucal),  aumento da auto-estima ;  retorno à escola,  participação em   iniciativas de inclusão digital, coral,  artes cênicas.

A produção mensal da ACREPOM saltou nestes  anos de 70 toneladas mês de Materiais  recicláveis,  para  100/110 toneladas mês;

Esta geração de trabalho  e renda possibilita   que os associados recebam em média 01 salário mínimo e meio  ( além de café da manhã, almoço, jantar, ajuda de custo para  moradia,  assistência  médica e odontológica, lazer, )

O Centro Defesa dos Direitos Humanos - CDH  tem prestado assessoria  sistemática à ACREPOM  em razão das  questões jurídicas de documentação, de comercialização , acompanhamento de convênios , contratos,  parcerias com órgãos públicos  e privados ( SEBRAE , Prefeituras  Municipais, órgãos vários das  Secretarias de Estado  do Meio Ambiente e da Ação Social ) , além da  necessidade de capacitação do Grupo de Apoio, de Voluntários, bem como dos  catadores e catadoras  de papel para a vivência  em grupo e solidária  (que se antepõe ao individualismo, egoísmo e exploração vividos  nos depósitos de papel)

A ACREPOM tornou-se, também, uma referência regional, para  assuntos  relativos  a    Economia Solidária; Geração de  Trabalho e Renda;  organização de pessoas excluídas,  coleta seletiva de resíduos sólidos, etc..


  ATIVIDADES  DESENVOLVIDAS:

1.Assessoria e  acompanhamento da  Associação dos  Catadores de Papel, Papelão e Materiais  Recicláveis de Araçatuba  -  ACREPOM e grupos similares de economia solidária/geração de trabalho e renda:

assessoria em  questões  específicas  da organização interna : estatutos, atas, convênios com órgãos públicos,  termos de parcerias com universidades,  termo de compromisso de voluntários;

realização de cursos  e encontros de formação e capacitação  para associados, voluntários  e membros do grupo de apoio sobre  economia solidária , associativismo e cooperativismo ;

assistência   para   estudos da viabilidade econômica  e para  realização de parcerias técnico administrativas;

assistência  para  a coordenação e organização das equipes internas de coleta e separação dos  materiais  recicláveis;

assessoria  para a intervenção junto ao Poder Público : obtenção de moradia  e assistência  à saúde   e  implantação da Coleta  Seletiva no Município;

assessoria  aos catadores de papel  para obtenção de documentos, localização de familiares, etc.,  garantia da assistência  à saúde   (tratamento médico, psiquiátrico especialmente nos casos de alcoolismo  ou de doença mental)

acompanhamento  no intercâmbio com outros grupos semelhantes,  para partilha de experiências, incentivo a outros projetos de geração de renda  na região.

inclusão social dos catadores e catadoras de papel,  com medidas  facilitadoras  para o acesso  à educação formal,  a espaços  de cultura e lazer, bem como  à formação  quanto   ao desenvolvimento sustentável, meio-ambiente e  cidadania ;

  A Acrepom, através de fundo próprio comunitário de recursos tem uma casas no bairro Hilda Mandarino onde moram  os  catadores  que   se abrigavam nas ruas. Acrepom também recebeu a titulo de doação dez casas que fazem parte do Núcleo Sagrada Família, localizada no bairro Alvorada, que também esta acolhendo associados juntamente com seus familiares.

Da geração de renda e da forma solidária de partilha dos recursos

 Os  catadores  e catadoras de papel  sobrevivem da coleta diária de materiais  recicláveis  nas ruas da cidade de Araçatuba. Além deste material, a ACREPOM, desenvolveu  campanhas  educativas  e  conseguiu   instalar alguns  Postos Comunitários de Coleta Seletiva, junto a entidades e  grupos  informais de colaboradores  voluntários.

O material arrecadado em média 100  toneladas/mês  é  pesado,  acondicionado em fardos  e comercializado.   Setenta por cento  ( 70%)    do total arrecadado  é pago aos  catadores   como forma de remuneração  ( geração de renda)   e  o restante  (30%),  forma o  fundo comunitário  para   despesas  com :  alimentação,  assistência  médica  e odontológica  ( médicos, dentistas,  internações  e  medicamentos quando  não conseguidos  na rede pública),  moradia, e vestuário.
             a) OBJETIVO GERAL: Tornar a  ACREPOM  auto-sustentável  bem como  fortalecê-la como núcleo   de uma  Rede Regional de Catadores de Papel,  a fim de  promover, na  área de atuação do Centro de Direitos Humanos  a  recuperação gradativa da dignidade e da cidadania  destes trabalhadores.
             b)  OBJETIVOS   ESPECÍFICOS (ou  metas  operacionais       para    o alcance do objetivo  geral)


 §   implementar   medidas  para  a melhoria  na coleta seletiva  diária, ampliando Pontos Comunitários  de Coleta Seletiva  e  adequando  a  infra-estrutura  existente (principalmente,  meio  de transporte do material) ;
 §  articulação dos Catadores de Papel  de Araçatuba, com grupos  de Catadores de cidades  vizinhas ( formação da  Rede Regional) visando à comercialização conjunta, pois  a quantidade de material  resultará em  obtenção de melhor  geração  de renda ;
 §   Capacitação de catadores e catadoras de papel de Araçatuba e região quanto  à economia  solidária,  buscando  a superação do individualismo;
 §   Capacitação  do  grupo de apoio  formado  por voluntários  e dos  agentes comunitários   que atuam na  Acrepom  quanto a:  estudos de viabilidade econômica, custos, formas de armazenamento,  alternativas de  novos produtos  recicláveis; exigências  específicas do mercado  para cada  produto   ( por  exemplo: há compradores de  garrafas  plásticas  tipo PET  que  pagam  bem melhor  desde que as mesmas   estejam acondicionadas  em fardos  por cores  e sem  os rótulos; também  quanto  a outros plásticos e  papéis  há  uma série de classificações) ;
 §  Inclusão de catadores e  catadoras de papel    em  cursos de alfabetização  de adultos e no ensino fundamental.
 §   Incentivo  à educação e cultura  com a implantação de uma Biblioteca com os  livros   encontrados  no  Lixo  e  recebidos em doação.
 §   Capacitação de catadores e catadoras  quanto a  seus direitos  fundamentais, visando o resgate  e vivência da cidadania.
 §    Inclusão de adolescentes  em situação   de risco ou  em cumprimento de medidas sócio educativas, nas atividades de:  seleção de materiais  recicláveis   e reciclagem de papel  para   confecção de envelopes ou  peças  artesanais  e organização da Biblioteca  comunitária.
 §   Suscitar e valorizar a     responsabilidade ecológica da comunidade, desenvolvendo palestras sobre a importância da  reciclagem de materiais    para  a preservação do meio-ambiente.  Divulgar em escolas, igrejas e entidades  que  a   atividade da ACREPOM   (  coleta  para   comercialização de materiais  recicláveis  pelos catadores de papel  organizados )  é :    economicamente viável; socialmente justa  e  ecologicamente  correta.

  INDICADORES  DE AVALIAÇÃO 

 1.  quantitativa

Constatação do número de beneficiários que alteraram suas  condições de moradia, sendo retirados das ruas ou de condições  indignas;

Quantificar  o número de beneficiários que recebem alimentação diária e passaram a ter melhores condições de vestuário;

Redução do número de atendimento médico em função da melhoria da qualidade de vida dos beneficiários;

Percentual de beneficiários inclusos e cursando programas de alfabetização e educação fundamental;

Diminuição do número de alcoolismo;

Freqüência nas reuniões  e demais atividades grupais.

 2 qualitativa

 §  Melhora da auto-estima, cuidados e higiene pessoal;
 §  Convivências  no grupo   ( tanto na Associação, como  na casa coletiva):  respeito, solidariedade ...
 §  Acesso a serviços educacionais e qualificação profissional, inclusive o         interesse em participação em Cursos;
 §  Participação nas reuniões mensais da ACREPOM, nos planejamentos e avaliações, ;  em campanhas  contra o alcoolismo e o fumo e  nas reuniões da Rede Regional de Catadores; aumento da capacidade propositiva e da criatividade;
 §  Interesse em participar de Encontros Regionais para  intercâmbio de experiências  e  de informações;
 §  Maior responsabilidade e crescimento profissional: exemplo catadores que só coletavam material e que passam a  assumir  novas  funções ( controle de estoque de  material; organização da coleta seletiva, coordenação da seleção de materiais  no interior da ACREPOM ),
 §  Participação em  práticas esportivas, culturais e de lazer;
 §  Melhor geração de  renda aos associados;
 §  Outras transformações que demonstrem o resgate da dignidade e da cidadania a todos os envolvidos

DECLARAÇÃO DE UTILIZADADE PÚBLICA MUNICIPAL  

          A Acrepom foi declarada de utilidade pública municipal, pela Câmara de Vereadores de Araçatuba em 21 de maio de 2001, pela Lei Municipal 5946/01.

 CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO FINANCEIRA CELEBRADO ENTRE A ACREPOM  e a FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL, com recursos oriundos do MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. 

            Este Convênio significou um grande avanço nas condições de trabalho dos Catadores de Papel, possibilitando a melhoria na geração de renda dos mesmos.
            Através do referido Convênio foi possível a aquisição dos seguintes bens:
Ø  Uma fragmentadora de papel para sigilosos;
Ø  Uma esteira para a seleção de materiais recicláveis;
Ø  Uma estrutura metálica para cobertura de galpão;
Ø  Vinte carrinhos para a coleta manual de material reciclável;
Ø  Uma veículo kombi com nove lugares. 


 

 EQUIPAMENTOS

 IMPACTO POSITIVO DIRETO

  Fragmentadora de Papel

 Aumento da capacidade da entidade para receber doações de papeis sigilosos de órgãos públicos como os do Poder Judiciário, Bancos, Delegacias, etc. 

  Esteira e Estrutura Metálica para cobertura do Galpão

 Melhoria nas condições de trabalho dos associados que fazem a separação de material recicláveis; diminuição dos riscos de acidentes de trabalho; otimização de espaço e tempo; equiparação aos procedimentos similares em outras cooperativas e entidades do Terceiro Setor. 

  Carrinhos para coleta manual de materiais recicláveis

 Aumento no número  de associados. Um caso concreto: No Natal de 2005 uma senhora, desempregada e arrimo de família, escreveu para os CORREIOS,  pedindo um carrinho para que pudesse coletar matérias. Foi feito o contato com a Acrepom, ela já estava trabalhando com um carrinho que foi objeto desta parceria e é mais uma associada da entidade.

     Veículo: Kombi

 Com este veículo os associados que trabalham na coleta seletiva, serão transportados diariamente até os bairros, pondo fim a um grande obstáculo a este trabalho. ( o transporte era feito no caminhão, com viagens sucessivas em razão da segurança, ou era necessário aguardar a disponibilidade de colaboradores por tempo indefinido)O veículo também será utilizado para o transporte em atividades de formação e capacitação, cursos e viagens de intercâmbio regional. 

  Conjunto dos equipamentos adquiridos com os recursos

  O material recebido através do convênio com  a FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL e o MINISTÉRIO DO TRABALHO significou uma preciosa colaboração para os objetivos da ACREPOM, com impacto direto e positivo nas condições de trabalho, na geração de renda e qualidade de vida. 



    CONCLUSÃO –  Papel, parece documento incapaz de traduzir o agradecimento dos associados, do grupo de apoio e de todos os colaboradores da Acrepom.

    Que a nossa gratidão possa ser expressa, por exemplo, através do sorriso de dignidade de cada catador  e catadora de papel  que acessa sua conta num terminal do Banco do Brasil, inaugurando mais uma etapa em direção à inclusão social e cidadania.


ASSOCIAÇÃO DOS CATADORES DE PAPEL PAPELÃO E MATERIAL RECICLÁVEL DE ARAÇATUBA

 

 

LAST_UPDATED2